Em: Notícias CDLNITEROI | Slideshow

Bicicletas para o patrulhamento policial em Niterói

Congresso aprova repasse de verbas para a aquisição de cem bicicletas, que serão usadas pela PM e pela Guarda Municipal de Niterói para patrulhamento da região.

O Congresso Nacional aprovou emenda parlamentar do deputado federal Sérgio Zveiter (PSD-RJ) para a aquisição de cem bicicletas, que serão usadas pela Polícia Militar e pela Guarda Municipal para o patrulhamento nas praias de Niterói.

Como agora as emendas parlamentares são impositivas, os recursos devem ser liberados já no começo de 2014, de acordo com Zveiter. A proposta foi encaminhada por sugestão do presidente da Câmara dos Dirigentes Logistas (CDL) de Niterói, Fabiano Gonçalves.

“Eu e Fabiano estávamos em Búzios no fim de semana passado, quando observamos essa ideia que já foi implantada lá com bastante sucesso. Ele me fez essa sugestão, achamos interessante e a aprovação pela Câmara é um presente para Niterói. Soube que os recursos para o ano que vem já foram liberados, então a tendência é que a gente consiga receber essas verbas em Niterói muito em breve”, comemora o parlamentar.

Cerca de 80 bicicletas devem ficar com a Guarda Municipal, enquanto o 12° BPM (Niterói) solicitou um contingente entre 15 e 20 veículos para seu uso. Segundo a Secretaria de Ordem Pública, os guardas devem usá-las para o patrulhamento ostensivo da orla de Icaraí, Boa Viagem e São Francisco. O secretário Marcus Jardim acredita que a medida melhorará o serviço.

“Acho uma medida superimporante. Essas parcerias são muito benéficas. Além de ser mais saudável, o trabalho com bicicletas dá a possibilidade do guarda observar melhor o que acontece na cidade”, afirma.

Marcus Jardim afirma que a aquisição das novas bicicletas será feita assim que os recursos federais do orçamento de 2014 forem disponibilizados para a administração municipal.

Já o comandante do 12° BPM, tenente-coronel Gilson Chagas, diz que os veículos destinados ao batalhão serão usados no policiamento em Icaraí e Jardim Icaraí, como alternativa ao trabalho em duplas que atuam a pé.

Chagas acredita que as bicicletas dão mais agilidade ao patrulhamento, que atua em raio maior. O comandante afirma que até mesmo os criminosos já perceberam que atuar em bicicletas representa uma vantagem.

“Recentemente prendemos uma quadrilha do Morro do Cavalão que só agia usando bicicletas”, relata.

Fonte: O Fluminense