Em: Notícias CDLNITEROI

Boa oportunidade para o varejo do Rio

Caro lojista, depois da turbulência que vivemos nas últimas semanas por causa da onda de manifestações e protestos no Rio de Janeiro e também em diversas regiões do País, e consequente queda nos faturamentos dos nossos negócios, uma luz aparece no fim do túnel para o comércio varejista.

 

[one_half]

Segundo informações do último estudo apresentado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), estima-se que a Jornada Mundial da Juventude 2013 (JMJ), que acontece entre 23 a 28 de julho, venha a gerar um movimento de R$ 273,9 milhões no comércio varejo do Estado do Rio de Janeiro, um excedente que equivale a 2,3% do total de vendas esperado para todo o mês de julho. Com um número tão otimista, espera-se compensar o lojista com dias de excelentes vendas e assim diminuir o prejuízo nas duas últimas semanas de junho com as manifestações que obrigaram o comerciante fechar mais cedo e tirou o consumidor das ruas.

O setor de alimentação deve abocanhar a maior parte dos 100 milhões (40% deste total), além de combustíveis, vestuários, souvenir durante o evento religioso, que vai contar com a presença do Papa Francisco e peregrinos de diversas partes do País e do mundo na Cidade Maravilhosa durante a JMJ.

[/one_half] [one_half_last]

Quero ressaltar a importância dos estabelecimentos estarem estocados com cardápios em português, inglês e espanhol (se possível), com duas ou três variedades de pratos, que são chamados de ‘Prato do Peregrino’, onde cada participante terá disponível R$30, ao dia (duas refeições), através de um cartão do Ticket Restaurante a ser usado nos estabelecimentos previamente cadastrados para o evento. Para isso, o comerciante precisa entrar no site da JMJ e cadastrar o seu estabelecimento. Também é importante ressaltar que os peregrinos andam em grupos e não costumam parar em restaurantes, fazendo uso de comida em embalagem para viagem, uma importante dica para o comerciante que deseja alavancar suas vendas durante o evento e saber a melhor forma de promover seus produtos.

Logo, sugiro que os empresários façam uma contratação temporária de atendentes, treinados previamente, que servirão de apoio para a semana religiosa que acontece em julho, afim de maximizarem faturamento neste grande evento.

Boas vendas e boa jornada!

Fabiano Gonçalves / Presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Niterói

[/one_half_last]