Em: Notícias CDLNITEROI

Copom pode subir juro pela 1ª vez desde 2011

Foto: Bia Fanelli / Folhapress

O risco de aumento da inflação e a necessidade de manter a economia aquecida para fazer frente à crise internacional pode fazer com que o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central eleve, pela primeira vez em quase dois anos, a taxa básica de juros do país (Selic), que hoje se encontra em 7,25% ao ano. A decisão poderá sair da reunião que acontece hoje (17).

Foto: Bia Fanelli / Folhapress

Uma recente pesquisa feita com agentes do mercado financeiro, divulgada na última segunda-feira (15) aponta para a expectativa de que o Copom promova a primeira elevação na Selic desde 2011, ano em que a autoridade deu início ao processo de redução que levou a taxa de juros ao seu menor patamar histórico.

O aumento seria uma tentativa do Banco Central de conter a inflação no país. Por conta da alta dos juros o crédito fica mais caro e desestimula as pessoas a consumirem, o que pode gerar queda de preços.