Em: Na mídia

Editorial do Presidente do dia 29/12/2019 – O Fluminense

No último ano, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Niterói (CDL Niterói) desempenhou seu papel como defensora dos direitos e visibilidade da classe empresarial da cidade: realizou encontros com os secretários de mobilidade, fazenda e trânsito, promoveu campanhas que movimentaram a cidade, como o Natal Premiado e o Dia Livre de Impostos, auxiliou na criação de uma associação de empresários do Centro e trouxe autoridades como André Fontes, desembargador do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, para discutir assuntos de interesse do setor.

Logo no aniversário de 61 anos recebemos o prefeito Rodrigo Neves, que atendeu aos pedidos da CDL, relativos aos juros e ao jirau. Reduzindo o valor aplicado para os juros e aumentando a quantidade de parcelas, além de reformular a lei do jirau. O que segue o objetivo da Câmara, que é lutar pelos interesses dos empresários e levar propostas e sugestões para quem realmente pode mudar as leis e melhorar o funcionamento do comércio na cidade.

Em 2019, a CDL se posicionou e lutou por pautas à favor dos empresários. Apoiou iniciativas como o cadastro positivo, lei que consolida o histórico de crédito de pessoas físicas e jurídicas, por meio de bancos de dados com informações, que acabou por se tornar lei, e a fiscalização orientadora, projeto que busca aconselhar o comerciante e dar a oportunidade para que ele se adeque as regras, antes de puni-lo por uma infração.

E movimentou o mercado com campanhas, como o Dia Livre de Impostos, DLI, dia no qual os lojistas vendem seus produtos com um desconto referente aos impostos incididos neles. E o Natal Premiado, que ajudou a alavancar ainda mais as vendas de fim de ano e resgatou a magia do Natal. Um Papai Noel circulou pela cidade em um carro iluminado, participou de eventos, visitou lojas e tirou foto com as crianças. Foram distribuídos 40 prêmios de 500 reais em compras nas lojas participantes, além de um carro 0km. A busca constante pelo engajamento e movimento do setor, é o que também impulsiona a Câmara.

Já em 2020, a CDL Niterói tem planos ambiciosos, como as novas campanhas Líquida Centro, Líquida Icaraí e Líquida Região Oceânica. A proposta é promover uma queima de estoque com sorteios nas ruas, que vai incluir todas as lojas das regiões. Está previsto para acontecer no Centro em abril, em Icaraí em setembro e na Região Oceânica em novembro. E mais, será realizada uma premiação dos melhores do setor comercial, o prêmio Best, que terá apoio do Sebrae.

Em julho, o Congresso do Comércio promete movimentar os empreendedores da cidade com palestras e convidados com notoriedade na área. Vamos trabalhar muito os temas tecnologia e inovação, com apoio às startups. Vamos desenvolver muitos projetos voltados para os pequenos empreendedores.

E vamos ampliar a carteira de apoiadores e convênios, como a Cândido Mendes, e implementar um clube de descontos para associados, que vão receber descontos em centros culturais e serviços de empresas parceiras. Outro conveniado será a Fundação Dom Cabral, que vai fazer um trabalho específico de mentoria para as grandes empresas. Vamos atender desde o pequeno até o grande. Unidos somos mais fortes.

Fonte: O Fluminense