Em: Notícias CDLNITEROI | Slideshow

Estado assina contrato para elaboração de projeto urbanístico em Jurujuba

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Niterói, Fabiano Gonçalves, esteve ontem em Jurujuba para assinar, juntamente com o secretário de Estado de Desenvolvimento Regional, Abastecimento e Pesca (Sedrap), Felipe Peixoto, o contrato de elaboração do Projeto Executivo Urbanístico e Socioambiental da localidade. O Objetivo do acordo é potencializar o desenvolvimento da atividade da pesca artesanal. O evento contou com a presença de entidades e associações voltadas para a atividade.

Durante o evento, Fabiano Gonçalves ressaltou que o investimento na pesca artesanal favorecerá os geradores de trabalho e renda do município e colocará o bairro em destaque, dando a atenção tão necessária para a comunidade. “É importante estar aqui para acompanhar a entrada de Jurujuba na discussão do desenvolvimento. A pesca não era mensurada como uma atividade econômica de relevância e esse projeto vem para mudar essa concepção”.

O projeto será realizado pelo Consórcio Campo-Fábrica, com construção conjunta com a comunidade, que participará das discussões através de grupos de trabalho. Com investimento de aproximadamente R$ 1,1 milhão e prazo de desenvolvimento de nove meses, além do desenvolvimento econômico, sua elaboração também estará aliada a promoção turística e preservação cultural da pesca artesanal.

De acordo com Felipe Peixoto, o intuito da parceria é construir o projeto para que prevaleçam todos os valores da pesca artesanal, a tradição e, que possa também ter uma estrutura adequada para atender ao turismo. “Nós já fizemos isso em Itaipu, estamos agora em Jurujuba, e já movimentando São Gonçalo, onde em quinze dias teremos a licitação na rua para contratar a empresa que vai fazer o projeto do Gradim, ao longo da BR-101”, disse Felipe Peixoto.

Segundo a Sedrap, as intervenções vão beneficiar 800 famílias das regiões do Morro do Lazareto/Cascarejo, Travessa dos Maricultores, Morro do Pau Ferro, Morro do Morcego/Brasília e Edificações na Praia de Eva.