Em: Notícias CDLNITEROI | Slideshow

Fusão entre APLs vai beneficiar municípios em torno do Comperj

Representantes das cidades de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí se reúnem para acertar implantação dos Arranjos Produtivos Locais

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Niterói, Fabiano Gonçalves e a vice-prefeita de São Gonçalo, Mariangela Valvieffe, foram até o município de Itaboraí para reunião com o prefeito da cidade, Helil Cardozo, para discutir a implantação de um Arranjo Produtivo Local (APL). O novo projeto tem o objetivo de integrar os três municípios localizados na região do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj).

De acordo com o prefeito, o acordo é de fundamental importância para o crescimento da cidade. “Esse acordo será fundamental para o nosso crescimento. Não podemos pensar individualmente. Temos que olhar para todo o conjunto. Estamos para receber um grande empreendimento, mas que pode se transformar em pesadelo, caso não haja um planejamento. Fico muito feliz em ver que os representantes das nossas cidades vizinhas estão aqui para que possamos crescer juntos”, disse.

APL é um conjunto de fatores econômicos, políticos e sociais localizados em um mesmo território desenvolvendo atividades econômicas correlatas e que apresentam vínculos de produção, interação, cooperação e aprendizagem. A intenção é que a ação sirva para aumentar a produtividade, enraizar as riquezas locais, elevar o desenvolvimento, expandir e modernizar as bases produtivas e fazer crescer as ofertas de emprego e renda em Itaboraí, Niterói e São Gonçalo, podendo ser levado posteriormente aos demais municípios do entorno do Comperj.

Além do “APL do Comperj”, existem outros quatro Arranjos em estudo de implantação no país, localizados em Ipojuca (PE), Maragogipe (BA), Ipatinga (MG) e Rio Grande (RS).

A reunião contou, ainda, com a presença de integrantes da Petrobras, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), além do consultor do SEBRAE, Luiz Paulo Velloso, que também trabalha em auxílio ao desenvolvimento da APL do Comperj.