Em: Notícias CDLNITEROI

Niterói, cidade Audiovisual

 

Prefeitura aposta nas belezas naturais, na arquitetura e em incentivos para atrair produtores e cineastas

A Prefeitura de Niterói, em parceria com o Ministério da Cultura e a Agência Nacional do Cinema (Ancine), iniciou no ano passado uma série de medidas para transformar a cidade em uma referência no apoio a produção audiovisual. As iniciativas compõem o programa “Niterói Cidade do Audiovisual”. A ideia é usar a cidade como ambientação para essas produções, e, dessa maneira, fortalecer o turismo e o comércio niteroiense. São previstos investimentos em Niterói no valor de R$ 34 milhões, entre 2018 e 2019.

De acordo com o prefeito Rodrigo Neves, a gestão tem a Cultura como um dos vetores de desenvolvimento econômico para o município e apostar no setor audiovisual, além do perfil cultural, significa uma possibilidade de diversificação econômica da cidade: “O programa Niterói Cidade do Audiovisual contribui não apenas para o desenvolvimento nesse setor, mas em outras atividades econômicas importantes para a cidade, como o turismo, além de incentivar a geração de empregos e riqueza.”

No dia 18 de abril de 2018, foi lançado um Edital, com investimento de R$ 6 milhões para produções audiovisuais que se encaixassem nos termos definidos pela prefeitura. E, para dar continuidade à agenda do programa, a prefeitura lançou, no mês de julho, a criação da Niterói Film Commission, nos EUA, e também uma linha de investimento, no valor de R$ 1 milhão, para produções estrangeiras que queiram filmar em Niterói, para aumentar a competitividade da cidade como destino de filmagens e produções. O acordo inclui ainda a criação de oficinas de formação e capacitação de profissionais da cadeia audiovisual, além da realização do Festival Internacional de Audiovisual de Niterói.

Usando os exemplos de outras cidades e países que, após serem palco de produções audiovisuais, o turismo desses lugares cresceu consideravelmente. Na Escócia, por exemplo, o turismo aumentou em 300% no ano após o lançamento do filme “Coração Valente”, que teve aquele país como locação. O mesmo aconteceu com a cidade de Sydney, na Austrália, que aumentou sua visitação em mais de 200% depois do lançamento do filme “Missão Impossível”. O filme “Troia” aumentou em 73% o turismo na Turquia.

Essa iniciativa da Prefeitura de Niterói é muito importante. Moro em Los Angeles há 30 anos e sou diretora de um festival brasileiro em Hollywood há 10 anos e eu acredito que ter essa visão não é para qualquer um. Acredito realmente que Hollywood pode ser um banco de oportunidades gigante, que infelizmente o Brasil não teve ainda a visão de aproveitar, como Niterói está fazendo”, declarou Talize Sayegh, diretora do Hollywood Brazilian Film Festival.