Em: Notícias CDLNITEROI

NÚMERO DE EMPRESAS INADIMPLENTES AUMENTA 8,33% EM MAIO NA VARIAÇÃO ANUAL

O volume de empresas com dívidas atrasadas registrou a terceira aceleração consecutiva em maio. De acordo com o indicador calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), a quantidade de empresas inadimplentes apresentou crescimento de 8,33% em maio de 2015 na comparação com o mesmo mês do ano passado. A alta é a maior desde julho de 2013 e representa uma aceleração da inadimplência com relação aos números do início do ano quando o indicador oscilava em torno dos 6%.

Na comparação com o mês anterior, o indicador cresceu 1,41% em maio de 2015. Para os especialistas, esse avanço da inadimplência das empresas é reflexo da piora do cenário macroeconômico, que afeta a capacidade de pagamento das famílias e das empresas. A economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, explica que a dificuldade dos empresários em manter os compromissos financeiros em dia está relacionada à atual conjuntura econômica de baixo crescimento, quedas da produção industrial, além da elevada inflação e altas taxas juros: “O resultado reflete um cenário econômico com menor atividade da economia e maior restrição ao crédito, ambos fatores que afetam a capacidade de pagamento tanto das famílias como das empresas.”