Em: Notícias CDLNITEROI | Slideshow

População cobra atitudes no combate à criminalidade

A situação de completa deficiência no combate à criminalidade em Niterói, está sendo alvo de notícia na imprensa, inclusive no site da Confederação Nacional do Comércio (CNC), com referências à situação de risco e prejuízo que a atividade comercial da cidade vem sofrendo.

 

No site, consta a reação do presidente da CDL Niterói, Fabiano Gonçalves que disse esperar uma ação mais eficiente na repressão à violência, diante da informação que o 12° Batalhão da Polícia Militar recebeu no início do mês um reforço do estado e da Prefeitura de 200 policiais.

Fabiano também chamou atenção das autoridades pelo repentino crescimento da ação dos bandidos, destacando que os governantes não podem se omitir diante da situação, principalmente com a presença dos criminosos que estão sendo expulsos do Rio de Janeiro.

O 12° Batalhão, sediado em Niterói, também é responsável pela ação policial do município de Maricá. Apesar do esforço do comando e efetivo do batalhão, a cobertura policial não tem sido suficiente. A CDL e a Câmara de Segurança da Região Oceânica, estão em parceria, assim como a CDL Maricá. O presidente da CDL Niterói Fabiano e o presidente da CSRO Renan Lacerda, se unem à presidente da CDL Maricá Marisete Moreira Cardoso para união dos municípios.