Em: Notícias CDLNITEROI

Presidente do Conselho de Segurança apresenta sugestões sobre medidas para serem aplicadas em agências bancárias

Na reunião do Conselho Comunitário de Segurança que ocorreu na última quinta-feira, na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Niterói, o presidente do conselho, Leandro Santiago, falou sobre as medidas que foram destacadas para compor um conjunto de regras que seriam aplicadas às agências com o objetivo de garantir a segurança dos clientes.

De acordo com o presidente do Conselho, a entidade está formulando um documento com um conjunto de regras a serem aplicadas nas agências. Nas sugestões, foram especificadas a colocação de biombo separando o caixa; a obrigatoriedade se manter um vigilante no banco para o funcionamento dos caixas-eletrônicos até às 22h e a ampliação do sistema de câmaras.

“A gente quer estabelecer algumas regras que os bancos tenham que seguir, como a colocação de câmeras do lado externo pegando 30 metros para esquerda e para a direita para, no caso de saidinha, por exemplo, facilitar a investigação”, explica Santiago.

O documento será formalizado através de uma reunião do Conselho para a qual serão convidados os Sindicatos dos Vigilantes, dos Bancários, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), entidades como a CDL, o Sindicato dos Lojistas (Sindilojas) de Niterói e a Firjan, e, representando a comunidade, as associações.

Durante a reunião, o comandante do 12º BPM apresentou alguns dados estatísticos demonstrando que houve queda nos índices de criminalidade em algumas áreas da cidade com relação aos meses anteriores. “Assumimos em agosto e os índices de criminalidade estão diminuindo”, destacou Gilson Chagas.

A reunião do Conselho de Segurança acontece sempre na última quinta-feira de cada mês e tem o objetivo de discutir com representantes da população melhorias na política de segurança na cidade.