Em: Notícias CDLNITEROI

Procon faz mutirão de negociação

Grandes empresas estarão à disposição dos consumidores para solucionar dívidas, no Centro de Niterói

A Secretaria de Estado de Proteção e Defesa do Consumidor (Seprocon), por meio do Procon Estadual, realiza nesta quinta-feira (28) um mutirão de negociação entre consumidores e empresas. Prestadoras de serviços públicos, além de grandes empresas de telefonia móvel e fixa, bancos, cartão de crédito e lojas de departamentos, entre outros, vão estar à disposição dos consumidores em frente ao Terminal Rodoviário João Goulart, no Centro de Niterói, das 8h às 19h. Os clientes poderão renegociar dívidas e resolver casos de cobrança indevida, produtos com defeitos, atrasos, extravios, danos na entrega, desistência de compras, segunda via de contas, venda casada entre outros problemas. 

No mutirão estarão presentes as prestadoras de serviços essenciais da região – Ampla e Águas de Niterói –, a operadora de TV por assinatura Sky e as empresas de telefona fixa e móvel Claro e Oi. O Clube dos Diretores Lojistas do Rio de Janeiro (CDL-Rio) prestará atendimento com a consulta ao Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC). Entre os bancos, o mutirão terá a participação de Bradesco e Itaú. Das lojas de departamentos, participam Ponto Frio, Casas Bahia e Lojas Leader.

Atenção – Uma unidade do Procon Móvel estará presente para tratar dos casos dos consumidores relativos a empresas que não estiverem presentes no mutirão. Estes serão posteriormente encaminhados para os postos de atendimento do Procon Estadual em Niterói ou São Gonçalo, dependendo da região em que resida o consumidor.

Os atendimentos serão supervisionados e auxiliados por uma equipe do Procon Estadual, que contará com oito advogados e uma equipe administrativa. Para serem atendidos, os consumidores devem levar seus documentos pessoais e todos os documentos pertinentes à sua reclamação.

Esta será uma grande oportunidade para que os consumidores de Niterói, São Gonçalo e Maricá resolvam suas questões direto com as empresas tendo o apoio do Procon Estadual.