Em: Notícias CDLNITEROI | Slideshow

Roupas mais caras – IPC-S acelera em setembro

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) acelerou para uma alta de 0,53% na terceira semana de setembro, depois de avançar 0,49% no período anterior, informou Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira (24).

 

 

Seis dos oito grupos que compõem o indicador aceleraram a alta de preços: vestuário (de 0,20% para 0,64%), saúde e cuidados pessoais (de 0,29% para 0,38%), comunicação (de 0,20% para 0,27%), habitação (de 0,34% para 0,37%), alimentação (de 1,25% para 1,28%) e despesas diversas (de 0,20% para 0,23%).

Por sua vez, registraram decréscimo nas taxas de variação os grupos transportes (de 0,15% para 0,11%) e educação, leitura e recreação (de 0,27% para 0,11%).

A alta dos preços agrícolas vem pesando nos índices de inflação nos últimos meses, e na semana passada o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que o IPCA-15 –considerado uma prévia da inflação oficial– acelerou a alta em setembro para 0,48% influenciado principalmente por esses produtos.

Diante de uma inflação mais longe do centro da meta de 4,5%, o Banco Central demonstrou maior preocupação com os preços no curto prazo exatamente por conta da alta dos produtos agrícolas e não vê mais a inflação convergindo para a meta neste ano.